Profissão Massoterapeuta: um GUIA COMPLETO sobre a área

Profissão Massoterapeuta: um GUIA COMPLETO sobre a área

Quando você faz uma massagem em outra pessoa, normalmente, ela fala: “nossa, que mãos de fada”, “acerta o ponto certinho”, entre outros elogios? Se você tem esse toque mágico nas mãos que fazem os músculos relaxarem, então, a profissão massoterapeuta é um caminho para seguir.

Quando terminar de ler o nosso guia, com certeza, verá que não é tão difícil quanto imagina. E, se você já tem interesse pela área, mas têm muitas dúvidas, essa é a hora de saná-las.

Veja abaixo os pontos abordados no artigo, e saiba tudo sobre o universo da profissão massoterapeuta.

História e Origem da massoterapia

A história da massagem se mistura com a origem do ser humano, pois é a forma mais primitiva e intuitiva de tratar.

A origem da palavra massagem vem do grego “masso”, que significa “amassar” e, o termo terapia vem da palavra “therapy”, ou seja, mais do que simplesmente amassar, é uma técnica milenar que visa reequilibrar o funcionamento do corpo, reestabelecer o psíquico e emocional.

Quanto a história, na China, 3.000 a.C. surgiram os primeiros registros de técnicas de massagens. Já em 500 a.C. foi aconselhado que as pessoas fizessem ginástica para acelerar alguns tratamentos. Em Roma, verificou-se que o imperador Júlio César fazia uso da massoterapia para aliviar suas dores de cabeça. No ano 600 os japoneses criaram o shiatsu, enquanto no séc. XI foi desenvolvida a massagem pediátrica.

Corta para 1895 – Freud testou as propriedades da técnica em pacientes que apresentavam quadro de histeria, e na Primeira Guerra Mundial, uma técnica sueca de massagens foi usada para reabilitar soldados feridos.


Você também pode gostar


Finalmente, nos anos 30, diversas clínicas começaram a adotar a terapia como complemento aos tratamentos médicos, e, assim a massoterapia só vem evoluindo década após década.

O que é massoterapia?

Reconhecida pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a massoterapia trabalha com várias técnicas de massagens terapêuticas, inspiradas no oriente e no ocidente.

No entanto, é importante você saber que, a massoterapia não se resume somente às técnicas de massagem, ela também engloba conhecimentos sobre o uso de óleos variados, pedras que promovam o relaxamento, entre outras práticas.

Todo trabalho dentro da massoterapia tem um objetivo principal: cuidar e equilibrar o corpo e a mente de uma pessoa.

Você deve estar se perguntando: “como os massoterapeutas conseguem resultados satisfatórios com os clientes, utilizando apenas as mãos?”.

Por meio do toque, realizando movimentos fortes ou sutis, é possível trabalhar os aspectos físicos e mentais de cada um. Todavia, hoje em dia já existem outras formas de massagear o corpo; a tecnologia já proporciona muitos instrumentos mecânicos/elétricos de massagem. Incrível, não acha?!

Há, ainda, o aspecto estético da prática, pois a pele fica mais saudável e revigorante, sem falar no auxílio mental, como no combate ao estresse.

Dia do massoterapeuta

Quem não gosta de uma boa massagem? Pois esta é uma prática não só relaxante, mas também terapêutica.

E, no dia 25/05 é comemorado o dia massagista ou massoterapeuta, profissão reconhecida desde 1961. O Decreto Lei nº 3.968 legaliza a atuação do profissional desde que o mesmo tenha a aprovação e um certificado do Serviço Nacional de Fiscalização da Medicina.

A diferença entre massagista x massoterapeuta

A semelhança entre as duas palavras e a sua técnica (massagem) ainda causa muita confusão entre os termos.

A principal diferença entre massagem e massoterapia (massagem terapêutica) é o profissional e a sua formação.

Massagista: é um profissional que, por meio de cursos livres (entre 16,40,240 horas, dependendo da técnica) aprendeu a executar procedimentos de massagem. O conhecimento é básico sobre a anatomia humana, bem como sobre as regiões do corpo em que aplicará os seus movimentos.

Aviso importante!

Lembre-se: nunca desmereça o conhecimento e habilidade de nenhum massagista, pois mesmo que ele não tenha feito o curso técnico, em alguns casos, este profissional se especializou em uma técnica específica, por exemplo, drenagem linfática, e promove resultados aos seus clientes.

Massoterapeuta: já é um profissional que possui formação técnica, muito mais abrangente (cerca de 1200 horas), ou seja, ele é especializado em cuidados com o corpo para fins estéticos, de relaxamento, para práticas esportivas e cuidados pré e pós-cirúrgicos.

É capaz de identificar as necessidades do cliente e aplicar a terapia que mais se adeque a cada caso.

Veja diferentes tipos de massagens orientais e ocidentais que o profissional massoterapeuta aplica:

  1. Aromaterapia: técnica natural que utiliza o aroma e as partículas liberadas por diferentes óleos essenciais para estimular diversas partes do cérebro.
  2. Auriculoterapia: técnica natural de estimulação de pontos nas orelhas, sendo por isso muito semelhante à acupuntura.
  3. Cromoterapia: pode ser definida como o tratamento que, por intermédio das cores, estabelece o equilíbrio e a harmonia entre corpo, mente e emoções.
  4. Do-in: é uma técnica chinesa de automassagem baseada na Medicina Tradicional Chinesa (MTC), através da pressão dos dedos trata as dores que surgem no dia a dia.
  5. Drenagem linfática e corporal: e uma técnica de massagem, que estimula a eliminação do excesso de líquido do corpo.
  6. Massagem clássica: consiste em uma variedade de técnicas criadas para proporcionar o relaxamento muscular e melhorar a oxigenação dos tecidos.
  7. Quick Massage: é uma massagem rápida, de 15 a 30 minutos. Ela é realizada na parte superior do tronco, incluindo músculos das costas, pescoço, braços e mãos.
  8. Reflexologia podal: é uma técnica de massagem que utiliza a pressão em determinados pontos dos pés, aos quais correspondem regiões e órgãos do corpo humano.
  9. Shiatsu: através da pressão dos dedos ou palmas das mãos visa o equilíbrio entre corpo e mente.
  10. Tui Ná (Tuina): é uma técnica de Massagem da Medicina Tradicional Chinesa (uma das mais antigas, junto com a acupuntura e a fitoterapia) que tem por objetivo regular a função dos meridianos, equilibrando o respectivo fluxo de energia.

Além de todo o conhecimento em técnicas massoterapêuticas, o profissional também tem um conhecimento mais avançado sobre anatomia, fisiologia, biomecânica, cinesiologia e biossegurança.

10 habilidades do técnico em massoterapia

Olhe, além das habilidades que mencionamos no início desse artigo, é extremamente importante que a pessoa possua outras características. Confira, abaixo, as 10 habilidades esperadas por quem pensa em seguir nesta carreira:

  • Aptidões manuais;
  • Bom relacionamento interpessoal;
  • Capacidade de manter a calma;
  • Capacidade de transmitir boas energias;
  • Conhecimento em anatomia;
  • Facilidade de expressão oral;
  • Interesse pelas técnicas de massagem orientais e ocidentais;
  • Prestar um excelente atendimento;
  • Saber ouvir;
  • Ter sensibilidade.

O que faz o massoterapeuta?

O massoterapeuta aplica o recurso terapêutico da massagem, em pessoas que desejem desestressar os músculos ou mesmo tratar e reabilitar condições físicas mais graves, mas também atua no mental.

No nível físico, o massoterapeuta atua promovendo o alívio de dores e tensões em consequência de problemas de saúde, atividades repetitivas, cirurgias, processo de reabilitação física, dentre outras indicações médicas.

Já no nível mental, o profissional trata de tensões físicas geradas por estresse, ansiedade, depressão e preocupações em geral. A massoterapia também é feita como método preventivo, pois a prática qualificada contribui para a liberação de hormônios que proporcionam relaxamento, prazer e bem-estar, por exemplo.

Como é a vida de um massoterapeuta?

Sabemos que a vida tem seus altos e baixos, e na profissão massoterapeuta não seria diferente. Porém, as vantagens sobressaem.
Calma! Já explicaremos o motivo. Veja:

Altos e Baixos: nos dias de clima frio, nosso organismo tende apresentar enrijecimento muscular, dores nas articulações, dores musculares, entre outras. Portanto, nesse período aumenta muito a procura por massoterapeuta.

Já em dias mais quentes, a gente sente menos dores, mas tem a necessidade de expor mais o corpo, não é verdade? Então, nesse caso é interessante que o profissional massoterapeuta tenha conhecimento em massoterapia estética, por exemplo, como forma de “driblar” essa fase baixa, onde não há muita procura.

Vantagens da profissão massoterapeuta:

  • Diversidade de horários;
  • É uma das profissões mais antigas do Brasil na área da saúde.
  • Pessoas de meia idade impõem mais respeito e são mais requisitadas;
  • Possui mercado consumidor muito grande e variados;
  • Pouca cobrança (pressupondo que você faça uma massagem com excelência sempre);
  • Remuneração depende, exclusivamente, de você;
  • Resultado imediato;
  • São reconhecidos como terapeutas e possuí espaços em equipes multidisciplinares;
  • Todos gostam de receber tratamento por massagem, é uma terapia famosa, de baixos riscos em relação a outras. É 100% natural e com eficácia comprovada cientificamente. Portanto a rejeição é mínima;
  • Trabalho que leva saúde e bem-estar às pessoas.

Qual a média de salário de um massoterapeuta?

De acordo com o portal Salario.com.br, cujos dados são extraídos do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), um massoterapeuta ganha em média R$ 1.548,17 (mercado de trabalho brasileiro) para uma jornada de trabalho de 41 horas semanais.

A faixa salarial do massoterapeuta fica entre R$ 1.366,00 salário mediana da pesquisa e o teto salarial de R$ 2.799,96, sendo que R$ 1.413,00 é a média do piso salarial (2021) de acordos coletivos, levando em conta profissionais em regime CLT de todo o Brasil.

Vale ressaltar que, dependendo do porte da empresa, função exercida, carga horária e porcentagem de venda, o profissional pode receber até R$10.000 mensais.

Lembrando que, os salários aqui informados não contêm adicionais salariais de nenhum tipo, como bônus, comissões, insalubridade, periculosidade nem nada do tipo. Somente o salário base mensal informado na demissão ou admissão em contrato de trabalho e/ou CTPS.

Já o salário de um massoterapeuta autônomo dependerá, principalmente, da sua cartela de clientes. O valor de uma massagem costuma variar entre R$30,00 e R$150,00. Se o profissional atende 5 pessoas por dia, 6 dias por semana, cobrando R$50,00 por massagem, os ganhos serão de R$6.000,00 por mês.

A cidade com mais ocorrências de contratações e por consequência com mais vagas de emprego para massoterapeuta é São Paulo – SP.

Como se tornar um massoterapeuta?

Bom, agora que você já conhece como funciona a profissão massoterapeuta em todos os seus aspectos, pode avaliar melhor qual é a opção ideal para você. Por ser um profissional completo, apto a praticar diferentes técnicas de massagem, o mercado de trabalho é muito maior para o massoterapeuta.

Para isso, caso tenha vontade de ser massoterapeuta, você deve buscar um curso técnico na área. Mas é importante prestar atenção nestes pontos:

Requisitos mínimos: ter concluído ou estar cursando o ensino médio e apresentar as documentações exigidas por cada instituição.

Duração: deve ter no mínimo 18 meses, ou 1200 horas, incluindo módulos teóricos e práticos.

Reconhecimento: verifique se a instituição é reconhecida pelo MEC, através do Sistema Nacional de Informação da Educação Profissional e Tecnológica (SisTec). É só clicar no nome do Estado desejado para fazer a busca pelo nome do curso.

Conteúdo: a grade curricular varia de curso para curso, mas é necessário conter essas matérias abaixo:

  • Anatomia e Fisiologia;
  • Atividades Práticas;
  • Biossegurança;
  • Conteúdo Ético e Perfil Profissional;
  • Cosmetologia;
  • Drenagem Linfática;
  • Massoterapia Laboral e Desportiva;
  • Organização do Ambiente de Trabalho;
  • Práticas Integrativas;
  • Primeiros Socorros;
  • Reflexologia;
  • Técnicas Ocidentais e Orientais de Massoterapia, entre outras.

A massoterapia é uma profissão promissora?

A resposta é sim, com toda certeza!

Como mencionado no tópico ”Origem e história da massoterapia”, o toque é a forma mais primitiva e intuitiva de cuidar, e desde sempre, a maioria das culturas pratica algum tipo de toque terapêutico.

E, com uma vida “atribulada” de afazeres, maus hábitos e etc, cada vez mais as pessoas têm procurado por soluções que promovam o bem-estar físico e emocional – o que leva ao aumento da procura por massoterapeutas. Compreende?!

Além disso, a profissão massoterapeuta é promissora, porque o profissional é preparado para atuar em diferentes áreas, incluindo a da saúde e a da estética.

Técnicas desportivas também fazem parte do currículo do curso. Sendo assim, o profissional pode procurar emprego em academias e em clubes de futebol, por exemplo.

Já as técnicas laborais, aprendidas durante a formação, permitem que o massoterapeuta encontre oportunidades em empresas de diversos setores.

As técnicas de massagem modeladora são úteis em clínicas de estética e SPAs. Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abipehc), o setor de beleza teve uma média de crescimento anual de 10% nos últimos 20 anos. Ter aptidões para entrar nesse mercado é, portanto, algo bastante favorável.

O profissional pode ainda atuar em áreas mais centradas da saúde, fazendo massagem pré e pós-operatória.

Além disso, desde 2006, a massoterapia integra o Sistema Único de Saúde (SUS) como parte das Práticas Integrativas e Complementares (PICs), que têm por objetivo o cuidado integral à população através de sistemas complexos e outras práticas que envolvem recursos terapêuticos diversos.

Portanto, outra razão para entender o motivo da massoterapia ser uma profissão promissora. Ou seja, as múltiplas habilidades adquiridas pelo massoterapeuta fazem com que o profissional tenha excelentes oportunidades no mercado de trabalho.

Sobre a Top Spa Brasil

O portal Top Spa Brasil é focado em conectar Spa ao bem-estar das pessoas e ao navegar pelo portal, é possível encontrar uma gama de conteúdos educativos sobre o setor, além de encontrar em um só lugar diversidade de Spas e profissionais qualificados. Clique aqui e confira.

Então, o que achou da profissão massoterapeuta? Compartilhe com a gente a sua opinião ou mesmo dúvidas. Teremos o maior prazer em interagir com você, ok.

Até o próximo artigo!

Conteúdo Relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *