Tendências em Bem Estar para 2021

Tendências em Bem Estar para 2021

Recente painel no Global Wellness Summit (no começo de novembro) reuniu jornalistas especializados em bem estar (wellness) para debater o setor no pós-pandemia e definir algumas tendências. O conteúdo está disponível on-demand, mas as seis tendências listadas pelos jornalistas da W Magazine, Backslash, The New York Times, Content + Thought Leadershop e Wall Street Journal, foram divulgadas pelo site do evento. Confira abaixo:

Uma nova convergência entre tratamento de saúde e bem estar

O painel debateu como a covid-19 mostrou a importância de um estilo de vida preventivo, e como nossa sobrevivência vai depender de um novo alinhamento entre bem estar e cuidados com a saúde. No caminho ideal, nosso sistema de saúde se distanciaria do modelo de lucrar com a doença para todo um trabalhado voltado à prevenção.

A aproximação com a indústria e os modelos de bem estar vão dar ao setor de saúde as qualidades e prazeres desse segmento, enquanto o bem estar estará cada vez mais próximo da ciência e da credibilidade da indústria médica.

Fortalecendo a imunidade

Uma das grandes tendências do setor de bem estar em 2021 é a busca pela fortaleza imunológica, incluindo alimentação, suplementos e aulas.

O bem estar encara de frente temas como sexo, dinheiro e morte

Os conceitos de bem estar (basicamente em todo de se sentir e parecer bem) estão se ampliando e atingindo fronteiras mais arriscadas e que era tabu até então. Sabemos que o sexo, dinheiro e a morte têm um impacto muito maior em nossas vidas do que as vaidades ligadas ao bem estar. Os jornalistas do painel preveem que esses temas irão ser introduzidos mais fortemente nas sessões, aulas e processos da indústria do bem estar. O bem estar sexual das mulheres e a saúde reprodutiva devem ser as primeiras tendências dessa leva a se destacarem em 2021.

Natureza, natureza, natureza

Todos os especialistas concordaram que em era de lockdown e distanciamento social (e com o agravante de que a covid-19 surgiu de práticas de degradação do meio ambiente e de animais) estar em meio à natureza ganha um novo valor, incluindo como poder de cura.

A relação com as pessoas, proibida durante a pandemia, foi substituída pela relação com a natureza. As viagens mais lentas, com forte apelo humano, incluindo os esportes, como ciclismo, caminhadas, trilhas e viagens de barco a remo, cresceram, não apenas pelo bem estar embutido nelas, mas porque promovem o distanciamento físico obrigatório em tempo de pandemia. As viagens sustentáveis também ganham mais visibilidade, só que, no lugar de só compensar a emissão de carbono, os turistas querem deixar os lugares visitados em melhores condições. O veganismo, o plantio de árvores e iniciativas para salvar barreiras de corais são alguns exemplos que podem ser agregados às viagens sustentáveis.

Bem estar em casa

Se ficar em casa virou norma na pandemia (para quem podia e pode, obviamente e nesse caso são os consumidores dos produtos e serviços de bem estar), levar o bem estar para dentro de casa foi natural e necessário.

De purificadores de ar a práticas saudáveis, como meditar, ficar bem em casa foi essencial nesses meses. E novas tecnologias virão nesse sentido, incluindo o combate ao estresse e o estímulo a uma relação melhor com o ambiente em que vivemos e trabalhamos, seja ele um minúsculo apartamento ou uma propriedade alugada para a quarentena.

Beleza: de produtos anti-micróbios à beleza em casa

A beleza tem de estar aliada à saúde, com produtos que evitem contaminações e que eliminem micróbios e bactérias, por exemplo. E tudo o que puder se aplicado e experimentado em casa ainda será tendência em 2021.

Obviamente as experiências solo em casa não substituem o contato humano tão importante na indústria do bem estar, mas no momento é fundamental que profissionais orientem e transformem essas experiências no melhor possível, enquanto não nos sentimos seguros para frequentar spas, salões de beleza e outros ambientes.

Conteúdo Relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *